29 de julho de 2014

Caras (os) leitoras (os),
Depois de seis longas semanas os enchendo com meus aparentemente infinitos argumentos a cerca de porque “Chicago Stras” deve (ou não) ser lida, finalmente chegamos ao último livro.
Sem dúvidas, toda essa diversidade de emoções que senti e transferi para o LNA, ao ler essa série, deve tê-los deixados certos de quem fim, essa livrótica tinha enlouquecido de vez. Esse meu leque de emoções é mais sortido do que palheta de sombras em carnaval. Variou em algo entre: ódio mortal e promessas de amor incondicional. Nem é preciso dizer que o meio termo encontrado entre isto resultou em muitas noites mal dormidas, porque afinal de contas:
__Eu não poderia abandonar a história e cair na terra dos cachorros, quando simplesmente faltavam 50 páginas para o final e o próximo livro, certo? Rs.
Ao contrário do que fiz com as últimas histórias, decidi que dessa vez, irei simplesmente listar os motivos de porque “ Case-me se puder” é a história PERFEITA PARA VOCÊ.
1.       Heath D. Campione me lembra muito  Gabriel Macht em Suits (não fisicamente, é claro, Heath é provavelmente mais bonito) mas quando se falava em relógios caros, pose de advogado durão, simplesmente não podia impedir-me de visualizar Harvey Specter. E a gente até pode aproveitar a Donna, que é ruiva assim como a Belle...
2.       Portia, a Dama Smurf fez-me repensar aspectos da minha própria vida. E olha que eu não sou uma Mulher de ferro, com uma escultura de gelo no lugar do coração, por quem até o próprio ex-marido sente-se intimidado. Eu nem sequer tenho um ex, mas todo aquele lance de acabar por sentir-se sozinha aos 40... Eu definitivamente quero seu comportamento de Pit Bull para a minha carreira, mas é só!
3.       Vicky Tucker é uma pirralhazinha fofa demais, que inevitavelmente lembrou-me de desenhos da Disney.
4.       A maioria de nossas amadas protagonistas de romances passados se encontra reunida em um muito presente Clube de leitura ?! (Já imaginaram, Phoebe Somerville discutindo calmamente as vantagens de um bom e velho Chick-lit em detrimento de um suspense policial em uma tarde chuvosa?).
5.       Não é o foco do livro, mas em fim, parece que encontrei uma personagem feminina não muito insegura sobre si mesma. E por incrível que pareça, encontramos isso na Anabelle, que tem um diploma de artes cênicas com o qual não sabe o que fazer e dirige uma agência de casamentos herdada de sua avó.
6.       É suficientemente engraçada, a cena sobre os filmes eróticos ara senhoras no acampamento...
7.       Você definitivamente ficará curiosa sobre  o que significa o “D.” no verdadeiro no me do meio do Heath.
8.       Heath parece encontrar uma adorável fonte de leitura no catálogo de produtos eróticos da Belle.
9.       Os caras dos times fazem uma festa regada a muito hip hop  e bebida (o que, no fina das contas, achei incrivelmente engraçado). Eles, além de Dean (um presente loiro e sexy da Cidade dos Anjos para Chicago), que é imaturo e infelizmente cativante para certas pobres leitoras...
10.   E por último, mas não menos importante: É a histórias PERFEIA PARA VOCÊ, simplesmente porque eu não em daria ao trabalho de levantar-me da minha perfeita, aconchegante e quentinha cama, em um de semana à toa, para escrever essa enxurrada de coisas que fazem mais sentido para mim do que para vocês, se não fosse.

***

Annabelle está farta de ser a única fracassada em uma família de ganhadores. Suportou  trabalhos sem futuro e o rompimento de um compromisso de matrimônio. Até mesmo seu cabelo  é um desastre! Mas tudo isso pode mudar agora que ela é a encarregada da agência de  casamentos de sua falecida avó. Para promover de uma forma grandiosa a agência a única coisa  que ela tem que fazer é conseguir como cliente o solteiro mais cobiçado de Chicago... 
 Com sua sagacidade, seus incríveis olhos verdes e um calculado charme, Heath Champion é o melhor representante esportivo do país. É rico, decidido e espetacularmente atraente, por que  precisaria de um casamento?  Mas Heath anda buscando o símbolo perfeito de seu sucesso: a  esposa perfeita. 
Portia Powers, magra, rica e sem piedade, é a dona da agência de casamentos mais importante  da cidade. Uma intrusa como Annabelle não vai impedi-la de conseguir o que ela quer: que sua  agência seja a que consiga o par para Heath...
***
P.S.: A dedicatória do livro é:
“Para os nossos filhos…
E as mulheres que amam”
Aí me pôs para pensar, será que algo serviu de inspiração aos romances da Dona Susan?
***



28 de julho de 2014

Segredos são expostos, o amor é desafiado, o futuro está comprometido, quando Francesca e Ian enfrentam uma inevitável decisão que irá mudar suas vidas para sempre não percam a explosiva e surpreende conclusão da série Porque você é minha, da autora Best-seller Beth Kery.
Desde o primeiro encontro Ian e Francesca, uma atração mútua, puramente física acende entre eles. Isto não pode ser ignorado - apenas satisfeito, evoluindo para um vínculo de subjugação prazeroso. Mas sensualidade desperta de Francesca deixou-a querendo mais. Se relacionar com um homem tão misterioso e fechado como Ian era um desafio que ela nunca esperava. Francesca sabe que há apenas um caminho para que esse relacionamento de certo - seguir Ian para Londres e mostrar-lhe que ela não quer que ele sofra sozinho. Mas quando o tormento do seu passado e interior revelado, ele experimenta uma mistura quase insuportável de emoções com a mulher que se atreveu a amá-lo, apesar de seus demônios interiores. Depois de expor Francesca aos limites de sua angústia, ele se pergunta se a perdeu para sempre. Ele pode se arriscar o suficiente para se comprometer com a verdadeira intimidade ... e uma coisa chamada amor?
***

27 de julho de 2014

Depois de um tempo longe, Ian persegue Francesca mais uma vez. 
Ela não pode resistir a ele, apesar de seu sigilo... Conforme se aprofunda seu relacionamento, Ian começa a ter prazer em ensinar-lhe os seus pontos fortes, enquanto ela o tenta com sua beleza espontânea e da pressa de deixar se controlar.
E por um tempo, eles se deixam ir... É inebriante e é emocionante como eles se entregam no fruto doce e viciante da paixão. 
Mas, como Francesca sabe, quando recebe este intenso prazer, o rápido esgotamento pode ser devastador.  Os segredos de Ian testam Francesca novamente, deixando-a desesperada que o homem que ela se tornou obcecada é o homem que nunca poderá realmente ter.

***
26 de julho de 2014

Continua com a sensacional historia “Porque você é minha”, numa atração escaldante entre Francesca e Ian, onde sua paixão alcança novas alturas...
Francesca toma as rédeas, florescendo sob a tutela de Ian, num ato corajoso de rebelião e fortalecimento sexual, ela envia Ian para perto de um abismo. 
Na opinião de Ian, Francesca foi longe demais.  Não é apenas sua atração com o desastre, mas seu insolente desafio e a forma que ela o atormenta, está o deixando louco, cheio de desejo e necessidade. Ele vai ver a mulher voluntariosa jovem se apresentar, mas quando o faz, Ian se ver próximo de perder todo o seu controle cuidadosamente cultivado, consumido pelas chamas, da mulher que ele não pode viver sem.
***

25 de julho de 2014

Quanto pode uma mulher suportar?
Quanto pode um homem fugir?
Perguntas tentadoras
Porque você é minha— se atreve respondê-las... 
Um passeio em Paris, num carro de luxo, numa perigosa rua escorregadia...
Francesca ansiosamente assume o volante enviando-os a uma delirantemente curva, fora do controle. 
O risco assustaria a maioria das mulheres.  Não Francesca. É excitante.
Um momento de pequena morte que orienta sua relação com Ian em uma direção ousada. Chamuscado pela generosidade e pureza de Francesca, e sua resposta a ele, Ian começa se questionar da sua capacidade de manter a distância dessa beleza vibrante.
Ela é como fogo em seu sangue, o laçando como nenhum outra mulher jamais o fez, cada vez que ele a toca, sua necessidade de posse total, apenas cresce... 

***
22 de julho de 2014

Olá livróticos!
São 23:15 e acabo de me levantar da cama, porque simplesmente não consegui dormir com essa história na cabeça. Precisava desabafar com alguém.
Então, antes de tudo, uma pequena pausa para reflexão: O que há com Susan Elizabeth e suas personagens, jovens senhoras delicadas na faixa dos 30, que insistem em atacar, sexy, corpulentos e normalmente nada indefesos jogadores de futebol americano?
Se a ideia não me agradou lá muito bem no 3º livro da série, com o assédio descarado da Dra. Jane Bommer a um supostamente limitado intelectualmente Cal, vocês podem imaginar o que aconteceu quando lá no início do livro, a autora veio novamente com essa ideia perturbadora.
A quem quer que tenha escrito o 5º livro: Quem é você e o que você fez com a autora de “Tinha que ser você”?
Um livro da Série Chicago Stars, com personagens que já nos são velhos conhecidos, além da escrita já familiar e normalmente encantadora da autora. E se você ignorar esse lado meio doentio do enredo,  você terá uma história a altura de seus companheiros de série. E claro, Susan parece ter uma incrível habilidade de quase fazer parecer (até mesmo às leitoras mais ranzinzas como eu)  que deslizar nua para a cama de um sonâmbulo  quarterback dos Stars  e forçada e deliberadamente “seduzi-lo” não é algo assim tão terrível e eles realmente podem se entender, amar-se e formar uma linda e perfeita família após todo o confronto, QUASE.
Exceto que (em minha nada mais do que otimista visão de mundo) eles provavelmente estariam brigando por pensão alimentícia e guarda do bebê até envia-lo à faculdade, certo? NO mínimo.
Aos ferrenhos defensores da autora, minhas sinceras desculpas se fui muito incisiva ao exprimir minhas opiniões. Mas eu realmente fico em um humor canino quando estou com sono.
Dona Susan, em homenagem aos bons e velhos tempos do 1, 2 e 4 livros da série, em que eu realmente cheguei a considera-la uma candidata à altura de ser a minha nova diva Jeaniene Frost, dou-te um voto de confiança e irei até o fim.
Enquanto que “Sonhe um pequeno sonho” veio cheio de valores para levar para a vida inteira, emoções, sentimentos como fé, amor, perda, perdão e redenção, “Este meu coração” assustou uma merda logo nas primeiras 20 páginas.
E por favor, não me decepcione em “Case-me se puder”, o sexto e aparentemente último livro dessa série cheia de altos e baixos em meu humor de livrótica.
:O
***

Depois da descoberta de que seu finado marido, um popular televangelista, havia desviado cinco milhões de dólares de sua igreja, Rachel Stone, a viúva, é uma sem teto, sem dinheiro, desempregada, com um filho de cinco anos de idade para criar.
O destino e um motor de carro morto a deixam em um Drive-in abandonado, propriedade de Gabriel Bonner, o ovelha negra hostil da família proeminente da cidade.
Bem vindos à Salvation, Carolina do Norte, onde um homem que esqueceu o significado da ternura encontra uma mulher que não tem nada mais a perder.
***


20 de julho de 2014

A luxúria em um jato privado a um encontro ousado num museu público para a intimidade de um hotel luxuoso, Ian e Francesca sempre que se reúnem soltam faíscas.
Mas quando Francesca sai numa manhã sozinha, ela descobre uma nova e inesperada faceta da personalidade obscura de Ian. 
É raiva, inveja, ciúme ou algo totalmente diferente? Chocada com o nível da reação de Ian, Francesca se pergunta por que toda a sua vida é regida por disciplina, contenção e ordem.
Apenas durante a paixão ele lhe mostra as profundezas de sua alma cativante.
Ela está disposta a se submeter ao desejo, mas ter cada um dos seus movimentos controlado é algo que nunca pode aceitar. 
Em seguida, Francesca começa a descobrir o que faz um homem como Ian fazer as coisas que ele faz... 

***
19 de julho de 2014


Sabendo o quão inocente Francesca é, Ian se encontra lutando com a decisão de persegui-la ou não.
Mas ele tem que tê-la. 
Porque quando se trata desta particular obsessão, desejo supera toda a cautela.
Incomodada por seus próprios desejos, Francesca evita Ian até que ele a confronta com uma proposta tentadora: uma relação puramente física - sua recompensa, sedução e prazer proibido.
Pode ser um erro, mas sua necessidade de Ian não pode ser negada.De repente, ela vai à Paris, dominada pela beleza da cidade, pelo homem irresistível ao seu lado, Francesca abandona todas as reservas e, finalmente, abre-se para o homem que tem assombrado suas fantasias.

***
18 de julho de 2014

Uma discussão acalorada entre Francesca e Ian, deixa a jovem e impetuosa mulher sozinha novamente, e livre para fazer o que ela quiser, e com quem desejar.
Ela não está disposta a responder a qualquer homem, especialmente a Ian.
Até que ele a captura. Quando ele a leva para seu apartamento, a tensão é incendiária. Uma coisa está clara para ambos: Francesca deve ser punida. Indignada e insuportavelmente excitada, a ingênua Francesca perde qualquer controle que tinha. Afinal, Ian é muito dominador, um homem de combate. 
Ela o desobedeceu. Ela não merece isso.  Francesca simplesmente não havia percebido o quanto ela o queria. Mas quando Ian descobre o quão ingênua Francesca realmente é, começa a se questionar se não está indo longe demais, até mesmo para ele. 

***
15 de julho de 2014

Lore é um demônio mestiço Seminus que foi forçado a agir como assassino de seu mestre escura. Agora, para ganhar sua liberdade e salvar a vida de sua irmã, ele deve completar uma última matança. Poderoso e cruel, ele vai parar em nada para realizar esta missão mortal. UM ANJO tentado Idess é um anjo terrestre com um lado selvagem, que jurou proteger a Lore humano é alvo. Ela está determinada a frustrar seu adversário perversamente belo por qualquer meio necessário, mesmo que isso signifique arriscar sua própria voto de castidade eterna. Mas o que começa como uma simples sedução logo se transforma em uma paixão que deixa tanto anjo e demônio desejo rendição completa. Dividida entre o dever eo desejo, Lore e Idess devem juntar suas forças, enquanto lutam sua atração um pelo outro. . Porque um inimigo do passado está crescendo novamente.
***

Para Janie e Cabel a vida real está ficando cada vez mais difícil que os sonhos. Eles apenas querem conseguir algum tempo (mesmo que secreto) para ficarem juntos, mas a sorte não está ao lado deles.
Coisas perturbadoras começam a acontecer na escola Fieldridge High, mesmo que ninguém queira comentar sobre o assunto. Quando Janie é sugada para dentro do violento pesadelo de uma colega o caso finalmente começa a ter pistas, mas nada acontece como o planejado. Nem de perto.
Janie está perdendo o controle de sua vida, e o comportamento chocante de Cabel trás graves conseqüências para ambos.
***

Para salvar a vida do garoto que amava, Jacinda fez o impensável: traiu o segredo mais bem guardado de sua espécie. Agora ela precisa voltar para a proteção do clã sabendo que pode nunca mais ver Will - e o pior, porque a mente dele foi sombreada, as memórias de Will sobre aquela fatídica noite e o porquê dela ter que fugir se foram.
De volta para casa, Jacinda é recebida com hostilidade e precisa se esforçar para provar sua lealdade, para seu bem e o de sua família. Entre os poucos que ainda falam com ela estão Cassian, o herdeiro que sempre a quis, e sua irmã, Tamra, que foi transformada para sempre por uma reviravolta do destino. Jacinda sabe que precisa esquecer Will e seguir em frente - que se ele conseguir se lembrar e manter a promessa de encontrá-la, só colocaria os dois em risco. No entanto, ela se agarra à esperança de que algum dia eles ficarão juntos novamente. Quando  a oportunidade de seguir seu coração chega, ela vai arriscar tudo por amor?
***

Olá livróticos!
Então, depois de uma experiência INTENSA, por assim dizer, dessa vez com o irmã de Call, Gabriel (o que esteve no México, durante todo o livro 3), que não tem necessáriamente, nenhuma outra ligação com o Chicago Stars além do parentesco com  Quaterback, mas a gente adota ele para a série mesmo assim.
Será que foi só eu quem não gostou muito dessa capa?
Devo confessar, que não sou lá muito afeiçoada a livros com esses caras traumatizados ( e vamos combinar que o Gabe tem lá seus motivos para estar). Porque, leitura, para mim, principalmente com os romances, é para ser leve, divertida e um escape da realidade. Então para que ler sobre coisas tensas que não necessariamente precisa existir nos livros? Pareço fútil, né? Mas não se preocupe, quando se trata da vida real costumo ser um pouco mais sensível às dores alheias e levar as coisas mais a sério.  Mas não sei, desta vez, simplesmente gostei.
E é claro, que para pagar essa minha língua ferina com os comentários sobre o último livro e até mesmo os do parágrafo anterior, chorei que nem um Bêbado gambá (e apesar de nunca ter visto um, imagino que seja uma coisa bem grotesca).
A história é triste, em sua maioria. Há de um lado um homem quebrado pela perda da mulher e do filho e de outro, uma mulher que se esforça (em meio a um monte de crueldades de pessoas cruéis) para até mesmo alimentar o próprio filho. Acho que foi na parte em que ela deixo de comer um Mc lanche feliz, e deu para o Edward  (o filho dela, de uns 5 anos) que eu me desmanchei.
Gabe está longe de ser como os caras dos outros livros, que parece ter como maior medo e obstáculo à felicidade com suas garotas, o compromisso. É claro que inicialmente ele não é lá um grade entusiasta do casamento, mas voltar a crer em sua capacidade de AMAR  foi muito mais difícil do que o pedido, em si.
E é claro, que temos uma grande lição de fé (para cristãos: evangélicos e católicos, espíritas, evangélicos, budistas, demais crenças e ateus) nas pessoas.  Perdão, hipocrisia, bondade e fanatismo se entrelaçam nessa história, para mostrar que acima da Igreja ou erros e omissões cometido, deve-se enxergar os  ser humano por trás de tudo.
Nossa, falei bonito, hein?
Então só esperem, que em breve tem mais.
: )
***
Depois da descoberta de que seu finado marido, um popular televangelista, havia desviado cinco milhões de dólares de sua igreja, Rachel Stone, a viúva, é uma sem teto, sem dinheiro, desempregada, com um filho de cinco anos de idade para criar.
O destino e um motor de carro morto a deixam em um Drive-in abandonado, propriedade de Gabriel Bonner, o ovelha negra hostil da família proeminente da cidade.
Bem vindos à Salvation, Carolina do Norte, onde um homem que esqueceu o significado da ternura encontra uma mulher que não tem nada mais a perder.
***



12 de julho de 2014

Olá livróticos!
Esta é a história da Dra. Jane Darlington e de Cal Bommer, quaterback dos Stars. Para quem já tinha se apaixonado com a escrita da autora nos dois livros anteriores da série: não se preocupe, o 3º livro segue a mesma linha dos outros, pelo menos no quesito “escrita”, se é que vocês me entendem. A maneira como os fatos são escritos, o senso de humor implícito, amaneira com que os personagens são compostos.
No entanto....
Jane, eu te detestei.
Logo nas primeiras páginas, quando você cometeu sua primeira grande burrada, eu pensei: ok, não deu certo dessa vez. Talvez você aprenda e deixe que seu senso de honra venha à tona.
Mas duas vezes, sério?
Quando a personagem vem toda seca e obcecada por ter um bebê do Cal (que ela considera completamente ogro e portanto o pai ideal para contrabalancear com seu Q.I. de gênio)... E depois daquela cena no Hotel, quando a Jane só espera que tudo acabasse rápido... Qualquer um se sentiria meio doente com isso.
Achei o comportamento da Jane uma ofensa às mulheres inteligentes e independentes. Para um gênio da física, ela fez algumas besteiras, né?
Mas passado o mal estar inicial (e desde que você seja dessas/desses com uma incrível capacidade de relevar no que concerne  livros), a história até que não é ruim, sabe?
Tem aquele lance da união das 3 gerações de Senhoras da família, meio que um clube da luluzinha, femista (e não feminista) e na Montanha Heartache, que simplesmente me cativou. E ainda tem o bônus da cativante presença do sexy mocinho do livro 5, Kevin Tucker.
E detalhe: tem mais romance maduro neste livro, com a ilustre participação dos pais do Cal, Sr. E Sra. Bommer, que me emocionou... É algo mais próximo dos relacionamentos reais, em que nem tudo são flores, mas definitivamente envolve amor e... PERDÃO.
Então pessoal, divirtam-se com as loucuras impensáveis da Dra. Jane e os berros do Cal (lindo, comprar briga comigo do jeito que você faz, até eu, hehe).
***
O Plano: A genial  Professora  de física, Dra. Jane Darlington quer  desesperadamente um  bebê.
O alvo: Cal Bonner, zagueiro do lendário time de futebol americano Chicago Stars parece  ser a escolha perfeita.
Mas sua boa aparência de campeão e homem caseiro enganam.
A Explosão: Uma mulher brilhante e solitária que sonha só da maternidade... Um cara do
tipo que não aceita amarras e  que não vai se contentar com nada menos do que a rendição...  Paixão e atração física podem impulsionar duas pessoas com temperamentos fortes, mas  vulneráveis, à um amor totalmente inesperado?
***



10 de julho de 2014


 
Sinopse: Enigmático e sedutor, Gabriel Emerson é um renomado especialista em Dante. Durante o dia assume a fachada de um rigoroso professor universitário, mas à noite se entrega a uma desinibida vida de prazeres sem limites. 
O que ninguém sabe é que tanto sua máscara de frieza quanto sua extrema sensualidade na verdade escondem uma alma atormentada pelas feridas do passado. Gabriel se tortura pelos erros que cometeu e acredita que para ele não há mais nenhuma esperança ou chance de se redimir dos pecados.
Julia Mitchell é uma jovem doce e inocente que luta para superar os traumas de uma infância difícil, marcada pela negligência dos pais. Quando vai fazer mestrado na Universidade de Toronto, ela sabe que reencontrará alguém importante – um homem que viu apenas uma vez, mas que nunca conseguiu esquecer. 
Assim que põe os olhos em Julia, Gabriel é tomado por uma estranha sensação de familiaridade, embora não saiba dizer por quê. A inexplicável e profunda conexão que existe entre eles deixa o professor numa situação delicada, que colocará sua carreira em risco e o obrigará a enfrentar fantasmas dos quais sempre tentou fugir. 
Primeiro livro de uma trilogia, O inferno de Gabriel explora com brilhantismo a sensualidade de uma paixão proibida. É a história envolvente de dois amantes lutando para superar seus infernos pessoais e enfim viver a redenção que só o verdadeiro amor torna possível.


Depois de muitas recomendações sobre esse livro eu li,e definitivamente não acho que esse se encaixe no grupo dos "eróticos'.Ler o Inferno de Gabriel foi uma coisa muito gostosa e completamente apaixonante,apesar de eu ter vontade de bater na Julia por se menosprezar por ser virgem.
O professor Gabriel teve um passado muito complicado e doloroso(confesso que eu senti dó dele)porem ao reencontrar Julia que até então ele não se lembra,ele sente algo inexplicável e tenta afasta-lá sendo um completo idiota rs,depois de reconhecer Julia a coisa muda e daí em diante é q o livro se torna apaixonante,cheio de carinho e respeito e o principal MUITO AMOR.
Gostei muito de todo o domínio sobre o assunto abordado que é a historia de Dante e Beatriz o autor foi muito feliz  nesse e em tantos outros pontos,porem confesso que nao gostei muito do fato do livro ser narrado em terceira pessoa e o modo como os personagens vivem pisando em ovos um com outro,com medo do passado.Para as loucas por homens Dominadores e icontrolaveis por sexo eu nao recomendo esse livro,pois o casal tem sim um pouco de Grey e Stelle mas não como vcs imaginam.


XOXO

Gabriela 





9 de julho de 2014



Dana Hathaway ainda não sabe, mas vai acabar se metendo em apuros quando decide que é hora de fugir de casa para encontrar o seu misterioso pai na cidade de Avalon: o único lugar da Terra onde o mundo real e o mágico se cruzam. No entanto, assim que Dana põe os pés em Avalon, tudo começa a dar errado, pois ela não é uma adolescente comum - ela é uma faeriewalker, um indíviduo raro que pode viajar entre os dois mundos e é a única pessoa que pode levar magia ao mundo humano e tecnologia à cidade de Faerie. Não demora muito e Dana se envolve no mundo implacável da política do mundo da magia. Alguém está tentando matá-la e todos parecem querer alguma coisa dela, desde seus novos amigos e da família, até Ethan, o lindo garoto com poderes fantásticos com quem Dana acha que nunca terá uma chance... Até ter uma chance. Presa entre esses dois mundos, Dana não sabe bem onde se encaixa ou em quem pode confiar, muito menos se a sua vida um dia voltará a ser normal.


                                                  BAIXAR !!!

8 de julho de 2014

 A bem Sucedida Corretora de Imóveis de Seattle Mia Sullivan não é tola de ninguém ... além de uma semana, há cinco anos, quando ela deu seu coração a um músico sexy que lhe deu o melhor momento em troca, mas alguns pecaminosamente perfeito dia-e-noite em sua cama. Embora ela jura que nunca mais quer vê-lo novamente, ele é o único homem que ela nunca foi capaz de esquecer.
Uma das estrelas do rock mais quentes do  mundo, Ford Vincent pode ter qualquer mulher que ele queira ... exceto Mia Sullivan.
Mas agora ele sabe que milhões de estranhos cantando junto com suas canções não pode preencher o buraco dentro dele. Só o amor de Mia tem o poder de fazer isso, então ele promete fazer tudo e qualquer coisa que é preciso para conquistar seu coração novamente.  Desde o primeiro momento em que a viu outra vez, faíscas intensas de atração ascenderam. 
Entre beijos irresistíveis, um romântico casamento Sullivan em Napa Valley, e uma conexão profundamente sensual que nenhum deles pode negar, pode  finalmente Mia e Ford reencontrar um amor forte o suficiente para durar para sempre? 
***


6 de julho de 2014

Opostos em todos os sentidos... Exceto no único que importa.
Shaw Landon ama Rule Archer desde o momento em que colocou os olhos nele. Rule é tudo que uma estudante de medicina como Shaw não deve querer - e a única pessoa que ela sempre quis. Ela não tem medo de seus piercings e tatuagens assustadoras ou sua atitude selvagem. Embora ela saiba que Rule não é certo para ela, seu coração não vai ouvir.
Para um rebelde como Rule Archer, Shaw Landon é uma menina metida, a princesa perfeita e a garota de seu falecido irmão gêmeo. Ela vive pelas regras dos outros, ele faz as suas próprias. Ele não tem tempo para uma boa garota como Shaw, mesmo se ela é a única que pode ver quem ele realmente é.
Mas uma saia curta, muitos coquetéis de aniversário, e segredos derramados levam a uma noite inesquecível.
 Agora, Shaw e Rule tem que descobrir como uma garota como ela e um cara como ele podem estar juntos sem destruir o seu amor. . . ou um ao outro.


5 de julho de 2014

Olá livróticos!
Gracie Snow é uma mulher caseira. Gracie Snow é uma virgem de 30 anos, com um péssimo permanente em seus cabelos ruivos e que sonha em ter algo realmente glamouroso em sua vida. E é por isso que ela aceita emprego de assistente em uma produtora de filmes em Hollywood.
E se por acaso ela for confundida com uma stripper em uma das selvagens festas do cawboy da NFL, Bobby Tom Denton, normal. Rs.
Agora vamos: li as primeiras 30 páginas desse livro tapando os olhos e espiando entre os dedos. Heaven, Texas é definitivamente o livro mais constrangedor que eu já li. E olha que nesses últimos 3 anos eu tenho lido cada coisa...
Então preparem-se para rir, MUITO! Rs.
Mas acontece que a medida que a história se desenvolve (e isso tem provado ser marca registrada da Série Chicago Star), a protagonista se revela ser muito mais que aparências. No caso da Gracie, muito mais que um assustador vestido cor de mostarda. Eita mulher de coração bom! E claro, para lidar com Bobby Tom, é necessário também uma grande dose de inteligência...
Sobre o Bobby Tom, ele é encantador com as mulheres ( com as pessoas em geral) de uma maneira extremamente cordial, mas que às vezes o faz perder-se no que realmente é um personagem e o que é ele, por assim dizer. E com todo esse charme de garoto do interior, músculos duros como pedra e profundos olhos azuis... Ainda que ele realmente chegasse a me irritar com todo esse ar de superioridade com relação a aparência/inexperiência da mocinha... Meninas, será difícil não cair por esse cowboy.
P.S.: Uma coisa interessante que mais uma vez se faz notar nos livros da Susan Elizabeth é a atenção dada aos personagens secundários. Nessa história, em especial, o romance entre a Sra. Denton e Way Sawyer. E olha que pelo que eu vi da história de ambos... Se a autora decidisse por escrever romances voltados para o público da melhor idade, talvez fizesse tanto ou mais sucesso do que os trintões. A história de ambos é hot (como esperado, né? Kkk), mas com um apelo emocional que me fez suspirar, simplesmente.
***
Independentemente do que aconteça, Gracie Snow está determinada a arrastar o lendário exjogador de futebol americano, Bobby Tom Denton, de volta a sua cidade natal, em Heaven, no Texas, a fim de começar a filmar o primeiro filme dele. Apesar de sua aparência deslumbrante e charme assassino, Bobby Tom tem reservas sobre ser uma estrela de cinema e não tem planos para cooperar com uma solteirona mandona e certinha de Ohio, a quem não consegue deixar de fora de sua mente ou de sua vida. Em vez disso, o playboy fanfarrão decide reformular a aparência dela, de uma mulher simples para uma gata selvagem do Texas.

***

Vale a pena conferir....

Google+ Followers

Visitantes

Seguidores

Follow by Email

Linke me


(600x205)

Posts populares

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Marcadores